Puerto Escondido foi salvo. E acabou em beleza.

Uma meia final de luxo, com os 4 melhores deste ano e do anterior e, arrisco, do próximo ano também. Jeff Hubbard despachou o PLC para encontrar na final o veterano Tamega que passou por Winchester a caminho da final.

Na final Jeff acabou por superar GT facilmente, com 13,96 para 12,21, em ondas perfeitas mas bem mais pequenas que na etapa do ano passado.

Faltam 2 etapas para o final do Tour. Da forma como o ranking está prepara-se para ficar tudo decidido na ultima etapa em El Fronton. Os candidatos são os suspeitos do costume: Dave Winchester, Guilherme Tamega, Pierre Louis Costes e Jeff Hubbard.


Os comentários estão fechados.